À margem da apresentação da franquia EA SPORTS FC 24, em Amesterdão, que surgiu após o fim da parceria entre a FIFA e a EA Sports, Luís Figo foi instado pelo jornal As a comentar o futuro de João Félix, que continua por resolver.

"É uma decisão pessoal. Acho que ele devia ir atrás da felicidade", disse o ex-internacional português.

João Félix tem contrato com o Atlético de Madrid até junho de 2027. Passou a segunda metade da última temporada no Chelsea, que contudo não exerceu a opção de compra do seu passe, e acabou por integrar a pré-época dos 'colchoneros', onde tem demonstrado alguns sinais de insatisfação.

Luís Figo abordou ainda o caso de racismo em torno de Vinícius Jr, avançado do Real Madrid.

"Não acredito que Espanha seja um país racista. Aquilo que aconteceu [no jogo polémico entre o Valência e o Real Madrid] é aquele tipo de atitude que se verifica quando há uma aglomeração de gente e leva a episódios racistas. Acho que não dá para generalizar a situação num país em que as pessoas têm educação. É injusto que isso seja generalizado", sublinhou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.