O presidente do Real Madrid afirmou, depois do encontro no Estádio Mestalla, em Valência, que se assistiu a uma «amostra de que o futebol espanhol lidera o futebol no mundo».

«Não só temos a Taça do Rei como assistimos a um jogo excitante. O Real Madrid fez tudo o que havia para fazer para levar o troféu para casa», afirmou o líder dos “merengues”.

Contudo, Florentino disse que só começou realmente a desfrutar quando ouvir o apito final do desafio.

«Foi uma festa do futebol espanhol e conseguimos transmitir que lideramos o futebol no mundo», continuou, acrescentando que não poderá seguir para a Praça Cibeles, local emblemático em Madrid onde se festeja os triunfos da equipa.

«Não costumo ir a Praça Cibeles. Nunca fui em nenhum título dos que ganhámos. Os jogadores e adeptos são os que merecem ir celebrar este feito», rematou.

Jorge Valdano, director desportivo do Real Madrid, pensa que este pode ser «o primeiro título de uma grande recuperação do Real Madrid», felicitando o comportamento dos jogadores pela forma como se portaram nos 120 minutos de jogo, assim como todo o corpo técnico e adeptos.

«Agora o grande desafio é a Liga dos Campeões», lembrou o argentino.

Dezoito anos depois, o Real Madrid volta a conquistar a Taça do Rei, novamente na cidade de Valência, ao vencer o Barcelona por 1-0. O português Cristiano Ronaldo apontou o único golo, no prolongamento, que deu a 18ª taça para os "merengues". Mourinho conquista o seu primeiro troféu em Espanha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.