"Há que ter tranquilidade. Temos apenas dois meses de competição. O treinador é novo, tem um sistema diferente em relação ao ano passado e há muitos jogadores novos. Há que dar tempo à equipa para que se encontre e de certeza que se alcançam os resultados", disse Florentino Pérez, que não teve pejo em classificar o desaire de terça-feira como "humilhante".

No entanto, o líder do Real Madrid ressalvou os problemas físicos que assolam o plantel. "As lesões também não nos ajudaram, tivemos quinze em poucos meses", revelou.

Apesar da contestação criada à volta do treinador Manuel Pellegrini, o presidente dos merengues reforçou a confiança na equipa e elogiou o Alcórcon: "Somos o Real Madrid. Da mesma maneira que sabemos ganhar, há que saber perder e reconhecer que o Alcorcón foi melhor que o Real."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.