Um golo do suplente francês Ousmane Dembélé, aos 90 minutos, permitiu hoje ao FC Barcelona empatar 1-1 no reduto do Atlético de Madrid e segurar a liderança da Liga espanhola de futebol, em encontro da 13.ª jornada.

Num jogo dominado territorialmente pelos catalães, mas quase sem ocasiões, os ‘colchoneros’ adiantaram-se aos 77 minutos, por Diego Costa, de cabeça, na sequência de um canto, o primeiro para os locais, marcado pelo francês Antoine Griezmann.

O triunfo valia o primeiro posto ao ‘onze’ do argentino Diego Simeone, mas, aos 90, Lionel Messi isolou Dembélé, que recebeu com o pé direito e rematou com o esquerdo, por entre as pernas de Jan Oblak, com Lucas Hernández ainda a tocar, em vão.

O extremo gaulês havia sido a primeira aposta de Ernesto Valverde, aos 80 minutos, entrando para o lugar de Arthur.

Com este empate, o FC Barcelona segura, para já, a liderança, com 25 pontos, contra 24 do Atlético de Madrid e 23 do Sevilha, de André Silva e Daniel Carriço, que pode domingo isolar-se na frente, se vencer em casa o Valladolid.

No quarto posto, com 23 pontos, segue o Alavés, o quinto é o Espanyol (anfitrião domingo do Girona), com 21, e em sexto, com 20, está o Real Madrid, que sofreu o primeiro desaire na ‘era’ Santiago Solari, depois de quatro triunfos consecutivos, ao perder no reduto do Eibar por 3-0.

O argentino Gonzalo Escalante, aos 16 minutos, Sergio Enrich, aos 52, e Kike, aos 57, apontaram os tentos dos bascos, que subiram, provisoriamente, ao oitavo lugar, com 18 pontos.

Nos outros dois jogos do dia, destaque para o Valência, que, venceu, finalmente, em casa, ao superar o Rayo Vallecano por 3-0, com dois golos de Santi Mina, aos 35 e 61 minutos, e um do francês Kevin Gameiro, aos 76.

Nos anfitriões, que saltaram para o nono lugar (17 pontos), Gonçalo Guedes foi titular, sendo substituído aos 72 minutos, enquanto Ruben Vezo entrou aos 81 e, nos forasteiros, penúltimos (sete), Bebé esteve em campo a partir dos 58.

Em Huesca, os locais, que seguem no último lugar, estiveram a vencer por duas vezes, com tentos de Christian Rivera (23 minutos) e Xabier Etxeita (52), mas o Levante ripostou, por Roger (45+1) e o ex-Rio Ave e Moreirense Emmanuel Boateng (74).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.