O internacional português Gonçalo Guedes voltou hoje a marcar um golo monumental, três minutos depois de ‘saltar’ do banco do Valência, na 34ª jornada da liga espanhola de futebol, mas não evitou o empate 2-2 em Granada.

Já tinha corrido mundo o golo que Gonçalo Guedes marcou ao Osasuna, à 30ª jornada, na sequência de um ‘slalom' de 70 metros, e, desta vez, o avançado português desferiu um potente e indefensável remate, ao ângulo superior da baliza do Granada.

Gonçalo Guedes, que nem sempre tem sido titular, entrou em campo aos 66 minutos e, três minutos depois, na sequência de um pontapé de canto, rematou de forma espontânea e fulminante, levando a bola a entrar no ângulo superior direito da baliza ocupada pelo compatriota Rui Silva.

No entanto, um erro defensivo aos 86 minutos, na execução de um livre direto, em que os jogadores do Valência, alinhados na barreira, abriram uma brecha por onde passou a bola rematada pelo médio do Granada Fede Vico, impediu que Gonçalo Guedes desse a vitória à sua equipa.

O Valência, que se apresentou com uma baixa importante no ataque, por lesão, do internacional espanhol Rodrigo (ex-Benfica), viu-se em desvantagem a partir do minuto 59, quando o Granada se colocou em vantagem graças a um penálti finalizado pelo avançado venezuelano Carlos Fernandez, por falta sobre o seu compatriota Darwin Machis, mas igualou quatro minutos depois, por Manu Vallejo.

Pela equipa do Granada, entraram no ‘onze’ o guarda-redes Rui Silva e o central Domingos Duarte, habituais titulares, e estiveram no banco de suplentes o guarda-redes Andorinha, que não chegou a ser utilizado, e Gil Dias, lançado em campo aos 83 minutos, a render Carlos Neva.

Com este empate, o Valência segue em nono lugar, com 47 pontos, os mesmos do adversário de hoje, que é 10.º, numa tabela liderada pelo Real Madrid, com 74, seguido do FC Barcelona, com 70, e do Atlético Madrid, com 62.

No primeiro encontro do dia, o Celta de Vigo, 16.º colocado, com 35 pontos, não foi além de um empate a um golo na receção ao Bétis, 14.º, com 38, num jogo em que o português William Carvalho não saiu banco de suplentes do conjunto andaluz.

Com um golo tardio do central Joaquim Fernandez, aos 88 minutos, o Valladolid regressou às vitórias (1-0) na ‘La Liga', na receção ao Alavés, e subiu ao 13.º posto, com 39, enquanto os visitantes não vencem há cinco jogos e seguem em 15.º, com 35.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.