Antoine Griezmann desmentiu ter ligado a José Mourinho, numa altura em que se falava da mudança do francês para o Manchester United. O jogador, contudo, acabaria por continuar no Atlético Madrid.

"Não, não, não. Não, isso é completamente inventado. Falso. A decisão foi minha. Comuniquei-a ao clube. Foi assim", começou por explicar Griezmann, numa entrevista à revista Four Four Two.

O avançado francês reforçou que decidiu ficar nos 'colchoneros' devido ao castigo da FIFA, que impede o Atlético de contratar jogadores nos próximos meses.

"Fico principalmente por isso. O Atlético precisa de mim, agora mais do que nunca. Senti que devia ficar. Seria sujo sair. Não seria eu mesmo se deixasse o clube desta maneira", acrescentou.

"Falei com o Simeone sobre a situação, sobre quais eram as opções e o que podíamos fazer. Tenho muito respeito por este clube e pelas pessoas que aqui estão. Tanto eles, como a Real Sociedad, me deram tudo", disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.