Pep Guardiola não perdeu tempo a responder às críticas de Ibrahimovic, que acusou o técnico de só lhe ter falado "duas vezes em seis meses" e de não o querer em Barcelona.

"Vou falar com ele uma terceira vez. Tenho sempre a porta aberta e se não se fala, há sempre uma razão", explicou o treinador do Barcelona.

O avançado sueco pode estar de saída do clube rumo a Itália, pelo que Guardiola se reserva a manifestar a sua opinião sobre o assunto para não prejudicar eventuais negociações. "Sou super comunicativo e falei com ele 45 minutos. Se diz que só falei com ele duas vezes, é porque há uma razão. Não a vou explicar a bem da instituição. No momento certo darei a minha opinião", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.