James Rodriguez foi ameaçado de morte pelo grupo Légion Holk. O grupo que é procurado pelo FBI terá feito várias anúncios que que pretende acabar com a vida do jogador colombiano. As ameaças foram denunciadas pela mãe do jogador. Pilar Rubio afirmou que grande parte das intenções surgem nas redes sociais e, sobretudo, através do Twitter.

As contas utilizadas foram criadas recentemente e têm mostrado publicações contra James Rodriguez. O grupo apelida o jogador como “vergonha nacional” e querem matar o jogador. Toda a situação está entregue às autoridades que seguem com atenção todos os desenvolvimentos.

James Rodriguez foi à Colômbia para representar a equipa nacional, mas acabou por não cooperar na equipa de José Pekerman. Entretanto, o antigo jogador do FC Porto já regressou a Espanha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.