Em entrevista ao jornal “Record”, Eliseu confessou que esteve muito perto de assinar pelo Benfica mas devido a pormenores de última hora a transferência falhou.

“Falei muitas vezes com o Jorge Jesus e ele deu-me muita confiança. Disse que me queria no Benfica e eu sabia o que ele pretendia de mim. Não tinha qualquer problema em ir para o Benfica e tenho a certeza que me ia afirmar. Seguramente”, revelou o jogador do Málaga.

Jesus e Eliseu trabalharam juntos no Belenenses, e o técnico do Benfica transmitiu pessoalmente ao jogador o desejo de o ver com a camisola do Benfica.

“Depois de sair da Lazio, onde as coisas não correram como esperava, tive várias propostas para prosseguir a minha carreira. Uma delas foi do Benfica e foi por muito pouco que não assinei, por pormenores. O Málaga também já tinha demonstrado interesse em que viesse para cá, aliás em Dezembro da época passada já queriam que eu saísse da Lazio. Mas comecei a negociar com o Benfica este verão e foi por pouco. Admito que fiquei muito triste por o negócio não se ter concretizado mas agora também estou feliz aqui no Málaga”, adiantou.

O extremo do clube espanhol orientado pelo também português Jesualdo Ferreira confessou ainda que, na altura, ficou radiante com a possibilidade de voltar a Lisboa

“É o clube onde sempre sonhei jogar e guardo a ambição de vestir a camisola das águias. É claro que tinha o sonho também de representar a Selecção mas esse já concretizei. Este ainda não. É um desejo que tenho desde miúdo: envergar o símbolo do Benfica e jogar naquele estádio. É o único objectivo que tenho”, frisou o atleta português, de 27 anos, que este sábado não poderá defrontar o Real Madrid, treinado por outro português, José Mourinho, por estar a cumprir castigo disciplinar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.