A imprensa espanhola adianta hoje que a lesão de Kaká é mais grave do que os responsáveis do Real Madrid inicialmente pensavam e o internacional canarinho já só deverá ser utilizado por Manuel Pellegrini em 2010.

A pubalgia que limita o jogador - contraída no desafio com o Barcelona, em Camp Nou - deverá ser debelada através de um tratamento conservador, em detrimento de qualquer intervenção cirúrgica.

É mais um problema para o Real Madrid, que esta época já esteve quase dois meses sem outra das suas estrelas - Cristiano Ronaldo. O brasileiro já não estará presente no jogo dos merengues em Marselha, para a última jornada da Champions.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.