O avançado croata Nikola Kalinic foi cedido definitivamente aos espanhóis do Atlético de Madrid pelo AC Milan, anunciou hoje o clube italiano de futebol na sua página na internet.

“O clube agradece ao jogador pelo profissionalismo demonstrado sempre que vestiu a camisola do AC Milan e deseja-lhe as maiores felicidades desportivas para o resto da sua carreira”, refere no seu sítio o clube italiano.

Também os espanhóis deram oficialmente as boas-vindas ao croata, anunciando na sua página oficial que Kalinic assina pelo clube 'colchonero' por três épocas.

Nikola Kalinic, de 30 anos, chegou a Itália na época de 2015/16, para representar a Fiorentina, proveniente dos ucranianos do Dnipro, e saiu para o AC Milan em 2017/18, tendo participado em 41 jogos e marcado seis golos.

O avançado esteve envolvido num caso caricato no Mundial2018, na Rússia, em que foi expulso da comitiva croata ao recusar-se entrar em campo, aos 86 minutos, do primeiro jogo do grupo D, frente à Nigéria (2-0).

O jogador alegou dores nas costas para não obedecer ás ordens do selecionador Zlatko Dalic, que o mandou para casa, impedindo Nikola Kalinic de acrescentar a final perdida do Mundial2018, frente à França (4-2) ao seu currículo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.