Atual selecionador da Holanda, Ronald Koeman assumiu que gostaria de se mudar para o comando técnico do Barcelona, depois de ser apontado como o mais forte candidato à sucessão de Quique Setién como treinador principal do emblema catalão..

"Sim, gostaria, mas apenas será definito quando tiver assinado. Mesmo que quisesse, até essa altura não posso dizer nada a esse respeito", afirmou o técnico em declarações à Imprensa holandesa.

Segundo avança o 'Mundo Deportivo', o dossier da transferência está a ser tratado pelo diretor geral do clube, Òscar Grau, e as negociações estão muito avançadas, podendo mesmo o técnico assinar já esta terça-feira o vínculo com o clube que representou por seis temporadas como jogador.

Como treinador, Koeman, que chegou a desempenhar as funções de adjunto de Van Gaal no Barça em 1998/99, conta com passagens pelo comando técnico de Vitesse, Ajax, Benfica, PSV, Valência, AZ Alkmaar, Feyenoord, Southampton e Everton, ocupando desde 2018 o cargo de selecionador principal da Holanda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.