Maiorca e Michael Laudrup assinaram hoje a rescisão de contrato, com o treinador dinamarquês de futebol a aceitar metade da indemnização a que tinha direito.

Segundo um porta-voz do clube espanhol, citado pela agência EFE, Laudrup aceitou assinar a rescisão a troco de 350 mil euros, deixando o clube de Palma de Maiorca 15 meses depois de ter chegado à equipa insular, capitaneada pelo defesa português Nunes.

A saída de Laudrup ocorreu precisamente quando o Maiorca acabou com uma série negra de três derrotas consecutivas na liga (vitória sobre a Real Sociedad por 2-1), ocupando agora o 11.º posto da tabela.

«Magoa-me sair, porque continuava a manter uma relação muito boa com a equipa e todo o grupo de colaboradores. Mas, em nome da tranquilidade, e para bem do Maiorca, esta foi a melhor solução», confessou Laudrup depois de se despedir dos jogadores.

Para já, será Miguel Angel Nadal, antiga estrela do FC Barcelona e tio do tenista Rafael Nadal, a assumir interinamente o cargo, mas o Maiorca já procura um substituto.

Segundo a imprensa, nomes como Joaquin Caparros, Esteban, Louis Van Gaal, Luis Fernandez, Miguel Angel Lotina ou Luis Aragones são os técnicos que figuram na lista de candidatos ao lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.