O Levante subiu hoje ao terceiro lugar do campeonato espanhol de futebol, ao vencer por 3-1 na receção ao Espanyol, em jogo da sexta jornada, na qual cinco portugueses foram incapazes de marcar um golo no Saragoça-Málaga.

Rui Fonte foi totalista na equipa do Espanyol, que terminou com apenas nove jogadores, devido às expulsões de Amat e Pandiani, mas o avançado português foi incapaz de evitar a derrota no estádio do Levante, que beneficiou de duas grandes penalidades para vencer por 3-1 e apanhar o campeão Barcelona e o FC Sevilha, todos a um ponto do líder Betis, que tem menos um jogo.

Em Saragoça estiveram em campo cinco futebolistas portugueses - Fernando Meira, Hélder Postiga e Ruben Micael, pelos anfitriões, e Eliseu e Duda, do lado do Málaga -, mas o resultado saldou-se pelo “nulo”, que atirou os visitantes do terceiro para o sétimo lugar.

O médio português Carlos Martins foi substituído antes do intervalo na equipa do Granada, que empatou 1-1 na receção ao Osasuna, enquanto o compatriota Castro alinhou 90 minutos no meio campo do Sporting de Gijon, no empate sem golos em casa com o Santander.

O Betis de Sevilha pode aproveitar a deslocação de segunda-feira a Getafe para se distanciar no comando, no fecho de uma ronda marcada pelas goleadas do Barcelona e do Real Madrid, sobre o Rayo Vallecano (6-2) e o Atlético de Madrid (5-0), respetivamente, com direito a “hat-trick” do português Cristiano Ronaldo e do argentino Lionel Messi.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.