“Mereceu o prémio pelo papel que desempenhou no Barcelona, uma equipa que ganhou todos os títulos que disputou”, afirmou o presidente brasileiro.

Apesar disso, Lula congratulou-se pelo facto do internacional argentino não render o mesmo na selecção que rende no Barcelona: “Graças a Deus que Messi não joga na selecção nem 10% do que joga no Barcelona (…) Isso deixa muito satisfeitos todos brasileiros”.

Já sobre o facto de Kaká ter ficado fora do pódio na votação deste ano, Lula da Silva considerou isso como algo normal: “Kaká não jogou bem esta temporada, porque foi um ano de transição entre o Milan e o Real Madrid”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.