No passado mês de maio, a mãe de Cristiano Ronaldo foi interceptada no aeroporto de Barajas, Madrid, por tentar viajar com uma mala onde levava 55 mil euros, de acordo com o jornal espanhol “El Mundo”.

Após ser detetado tal facto, a Guarda Civil confiscou-lhe 45 mil euros, uma vez que só é permitido viajar para o estrangeiro com uma quantia máxima de dez mil euros.

O dinheiro permanecerá confiscado até Dolores Aveiro justificar a proveniência do mesmo.

Segundo este mesmo jornal, a mãe de Ronaldo, que seguiu viagem com os dez mil euros permitidos, desconhecia a legislação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.