O jornal "El Confidencial" revelou novos áudios de conversas de Florentino Pérez, desta feita com o presidente do Real Madrid a criticar Cristiano Ronaldo e José Mourinho.

Ao contrário das gravações de 2006, em que o líder madrileno falava de Raúl, desta feita, os áudios são datados de outubro de 2012, numa altura em que Mourinho e Ronaldo eram treinador e jogador dos merengues, respetivamente.

"Está louco. Este tipo é um imbecil, doente. Pensam que [Ronaldo] é uma pessoa normal, mas não é, se não não fazia as coisas que faz. Por que é achas que ele faz essas coisas", expressou Florentino Pérez sobre a relação com Ronaldo.

Pérez deixa ainda críticas ao empresário Jorge Mendes: "O Mendes não tem mão nele [Ronaldo], nem em Mourinho. Zero. Nem nas entrevistas. Estes dois têm um ego terrível, são malcriados os dois, não veem a realidade, porque podiam ganhar muito mais dinheiro se fossem de outra forma."

E continua nas críticas, de forma ainda mais veemente: "São anormais, porque estamos a falar de muito mais dinheiro em direitos de imagem. Aliás com essa forma de ser, na forma como desafiam as pessoas, acabam por passar uma má imagem", referiu.

O presidente merengue atacou ainda Fábio Coentrão, na altura também jogador do Real Madrid e representado por Jorge Mendes: "Esse é um tolo. É outro que não tem cabeça e a esses o Real Madrid não dá hipótese. Não é que não queira jogar, mas é um pouco, digamos subnormal. Conduz sem carta. Dito isto, deixa-se levar pela pressão e isso é estar doente (...), disse.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.