Marchena, 31 anos no próximo sábado, que passou pelo Benfica antes de partir para o Valência no âmbito da transferência do esloveno Zlatko Zahovic para a Luz, já passou os exames médicos em Castellón e vai integrar os trabalhos da sua nova equipa nos próximos dias, sob as ordens do técnico Juan Calos Garrido.

O jogador está ainda a cumprir um período de férias depois de se ter sagrado campeão do Mundo de futebol ao serviço da selecção de Espanha, no torneio que decorreu na África do Sul.

Em comunicado, o Valência agradeceu a Carlos Marchena “o comportamento irrepreensível, rendimento e profissionalismo ao longo das nove temporadas em que representou o clube”, desejando-lhe “a maior das sortes no seu futuro”.

Nas nove temporadas em Valência conquistou duas ligas, uma taça UEFA, uma Super taça da Europa e uma Taça do Rei.

Sagrou-se também campeão da Europa pela Espanha em 2008.

Defesa central que pode também jogar como médio centro defensivo, vestiu a camisola da “roja” por 62 vezes e é o jogador que detém o maior número de jogos ao serviço da selecção sem perder: 54.

Estreou-se na selecção a 21 de Agosto de 2002 num Hungria-Espanha que terminou empatado 1-1, em Budapeste.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.