O Fisco espanhol aceitou substituir a pena de 21 meses de prisão aplicada a Lionel Messi no processo de fraude fiscal, no valor de 4,1 milhões de euros, pelo pagamento de uma multa de 252 mil euros.

De acordo com o jornal espanhol 'El Mundo', os advogados do internacional argentino pediram que a sua pena, assim como a do pai e empresário do jogador (15 meses de prisão), fosse substituída por uma multa, pelo facto de nenhum dos dois ter antecedentes criminais.

Assim, Jorge Messi terá de pagar, por sua vez, uma multa de 180 mil euros.

O jogador do Barcelona, recorde-se, foi acusado de três delitos fiscais, por não ter, alegadamente, pago 4,1 milhões de euros em impostos relativos à exploração dos direitos de imagem em 2007, 2008 e 2009.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.