Lionel Messi voltou a criticar, de forma dura, a direção do Barcelona, agora a respeito da saída de Luis Suárez para o Atlético Madrid. O capitão dos blaugrana despediu-se do amigo nas redes sociais, com críticas a forma como se processou a saída do uruguaio. Uma despedida dura para Messi, que assim vê partir o seu companheiro dentro e fora dos relvados.

"Já o tinha na cabeça, mas hoje entrei no balneário e a ficha caiu de verdade. Vai ser difícil não continuar a partilhar o dia a dia contigo, tanto no campo como fora. Vamos sentir muito a vossa falta. Foram muitos anos, almoços, jantares, mates... Muitas coisas que nunca serão esquecidas, todos os dias juntos. Vai ser estranho ver-te com outra camisola e muito mais jogar contra ti", começou por escrever Messi, nas redes sociais, antes de passar às críticas à direção do Barcelona, liderado por Josep Maria Bartomeu.

"Merecias ter tido uma despedida pelo que és: um dos jogadores mais importantes da história do clube, conquistando coisas importantes tanto em grupo quanto individualmente. E não teres sido expulso como fizeram. Mas a verdade é que nesta altura nada me surpreende. Desejo-te tudo de bom neste novo desafio. Até breve, amigo", terminou.

Suárez recebeu 'guia de marcha' do Barcelona depois de Koeman, o novo treinador, ter-lhe comunicado que não contava com ele, num telefonema que não terá durado um minuto. O atacante uruguaio de 33 anos vai agora jogar no Atlético Madrid.

Messi também esteve com um pé fora de Camp Nou, quando solicitou a rescisão amigável do contrato, por entender que havia uma cláusula que o permitia sair no final da época 2019/20 a custo zero mas o entendimento do clube é diferente. Por não querer entrar na justiça contra o clube que ama, o craque argentino optou por ficar e cumprir o ano de contrato que lhe resta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.