É cada vez mais certo a saída de Lionel Messi do Barcelona. Depois de enviar um burofax a solicitar ao clube catalão que o liberta do contrato que liga liga ambas as partes, o astro argentino terá recorrido à FIFA para acelerar o processo.

De acordo com o jornalista Tancredi Palmeri, da CNN, sempre bem informado sobre o mercado de transferências, Messi pediu à FIFA um CTI, ou seja, um certificado provisório para um pedido de transferência.

A rádio catalã RAC1 adianta que o pai do jogador já está em negociações com o Manchester City, treinado por Pep Guardiola. Este processo é conduzido por Ferran Soriano, ex-vice-presidente Barcelona e atual diretor geral do Manchester City.

Diz aquela fonte que Messi irá assinar por dois anos com os 'citizens', onde irá receber o mesmo salário que aufere no Barcelona, qualquer coisa como 8,3 milhões de euros brutos por mês.

A ESPN avança, no entanto, que o City Group, dono do Manchester City, ofereceu um contrato de três temporadas ao astro argentino nos citizens e dois no New York City, clube que também pertence ao mesmo grupo. Assim Messi terminaria a carreira na MLS, à semelhança de muitos outros craques do futebol mundial.

Se for para o City, Messi poderá 'levar' consigo Neymar. O jornalista Jorge Nicola, muito ligado à Neymar, escreve que antes de pedir para sair do Barcelona, Messi terá ligado ao astro brasileiro do PSG a pedi-lo para ir consigo para o City.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.