A viagem de José Mourinho a Londres está a agitar o mercado dos treinadores de alguns grandes clubes europeus, perspetivando-se uma 'dança das cadeiras' no final desta temporada.

Alegadamente descontente pela forma como é tratado no Real Madrid e com a conquista da Liga espanhola praticamente garantida, 'El Especial' poderá assim dar por terminada a sua passagem pelos merengues e regressar a Inglaterra, o país da sua eleição entre os vários em que já trabalhou.

Os anos vividos no Chelsea - de 2004-05 a meados de 2007/08 - marcaram de forma indelével o treinador português, que agora vê as portas dos 'blues' reabrirem-se, com a permanente contestação a André Villas-Boas. No entanto, também Tottenham e Arsenal estão atentos ao futuro de Mourinho.

O eventual regresso de Mourinho a Inglaterra abre assim uma inevitável vaga no Real Madrid, mas pode também ter efeitos em Itália, onde o Villas-Boas é um dos nomes em carteira pelo Inter para a sucessão a Claudio Ranieri. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.