O futebolista Álvaro Arbeloa, do Real Madrid, admitiu esta quarta-feira que o José Mourinho saiu do clube madrileno "desencantado" com os jogadores mas assegurou que o treinador português defendeu sempre a equipa e os atletas.

«O Mourinho deu tudo para defender este clube e, no Real Madrid, poucos podem dizer isso. Isto é um clube em que as pessoas, sobretudo os jogadores, olham primeiro para si e só depois para os outros», afirmou Arbeloa, em declarações ao canal televisivo espanhol La Sexta.

O defesa espanhol admitiu que prefere um treinador como Mourinho, «que não deixa relaxar», apesar de ter revelado que o novo técnico do Chelsea saiu de Madrid «desencantado com os jogadores».

Arbeloa disse ainda que defendeu Mourinho e que isso acabou por prejudicá-lo. «A nível mediático, defender Mourinho pode ter-me prejudicado, mas defendi-o porque era o que sentia», adiantou.

O jogador criticou ainda a comunicação social por ter causado, segundo Arbeloa, «bastantes danos» ao Real Madrid e afirmou que até o selecionador espanhol Vicente del Bosque foi alvo de críticas pelos meios de comunicação.

A nível pessoal, o internacional espanhol reconheceu que esta foi a sua pior época, dizendo mesmo que teve «uma crise».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.