Sendo cada vez mais evidente o divórcio entre o Manchester United e Wayne Rooney, o mercado começa a agitar-se em torno do internacional inglês e clubes como o Chelsea, o Manchester City e o Real Madrid são tidos como potenciais interessados.

Na conferência de imprensa desta manhã, José Mourinho voltou a falar sobre o tema. Primeiro, em tom de brincadeira, relembrou que ninguém do Manchester lhe telefonou, mas que têm o seu número.

Mais a sério, procurou afastar-se da polémica que parece rodear o divórcio entre o United e o jogador.

“Não é problema meu e nem quero falar dele. Não falei com o clube sobre este assunto e já vos disse que o mercado está fechado em Janeiro. Se está fechado, está fechado. Falaremos do mercado em Maio ou em Junho”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.