O fisco espanhol está a investigar Jorge Mendes com base nas transferências de jogadores para o Valência, segundo adianta o jornal espanhol El Mundo.

A publicação indica que a investigação tem por base os negócios de Rodrigo, André Gomes, Enzo Pérez, João Cancelo, Danilo Barbosa ou Aderlan Santos. Os cinco primeiros deixaram o Benfica, enquanto os dois últimos saíram do Sporting de Braga.

A decisão de avançar com o processo investigativo partiu de uma denúncia de Miguel Zorío, antigo vice-presidente do Valência, que denunciou "presumíveis delitos económicos".

De acordo com Zorío, em causa estariam os negócios do magnata Peter Lim, com a conivência de Jorge Mendes e do dirigente Amadeo Salvo, ambos ligados à compra de ações do clube e ao mercado de transferências.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.