Lionel Messi foi nomeado como o novo capitão da Argentina, mesmo que o seu nível na seleção não esteja no patamar que demonstra todas as semanas no Barcelona.

«No Barcelona, faço golos de todas maneiras, às vezes até sem querer, e pela Argentina procuro marcar de todos os modos e não consigo. Tenho de ter tranquilidade, para não ter pressão em marcar quando aparecem as oportunidades», confidenciou o internacional argentino ao canal TycSports.

Sobre a passagem de testemunho na seleção argentina, onde herdou a braçadeira de capitão do colega Javier Mascherano, Messi expressou toda a sua satisfação: «Este era o momento, estou contente por receber a braçadeira, eu queria-a. A responsabilidade é a mesma que temos todos com a seleção. Espero que me traga sorte, estou contente, tranquilo e agradecido».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.