Com a vontade de Messi a ser já conhecida por todos e que passa por abandonar o Barcelona, já um incógnita que permanece no ar. Será que o argentino se vai apresentar aos trabalhos. Para já, já se sabe que a equipa tem o retorno prevista para o próximo domingo para a realização dos testes à COVID-19.

Se se ausentar, o argentino pode incorrer em pesadas sanções. De acordo com o jornal catalão 'Sport', se não comparecer no domingo, o jogador incorre numa sanção leve. Mas se se ausentar também na segunda-feira, a sanção passa a ser grave.

Messi poderá assim ser suspenso e penalizado em 10 dias de salário. Se a ausência for além de segunda-feira, a sanção passa muito grave, com o argentino a poder ser suspenso e a perder 25% do seu salário.

O Barcelona vive neste momento uma situação de instabilidade, despoletada pela goleada sofrida ante o Bayern na Liga dos Campeões (2-8). A derrota acabou por ter duas consequências imediatas: o despedimento de Quique Setién e a contratação de Ronald Koeman, técnico que começou a preparar uma lista de dispensas no emblema catalão. Suárez é um dos visados e já foi informado que não é opção na próxima época. Esse facto também contribuiu para a decisão do craque argentino de querer deixar o Barça. Entretanto a direção também já debaixo de fogo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.