O presidente do Getafe, Angel Torres, viajou hoje para o Dubai, na véspera de o grupo financeiro Royal Emirates anunciar o nome do clube da primeira Liga espanhola de futebol que pretende comprar por 90 milhões de euros.

Torres, que viajou na companhia do jogador Manuel Moral, desmentiu qualquer ligação entre a viajem e o anúncio do negócio pelo grupo Royal Emirates.

«Fui convidado pelo grupo para reuniões destinadas a encontrar ‘sponsors’ para o Getafe, melhorar a imagem do clube e encontrar um novo nome para o nosso estádio», disse Angel Torres, em declarações ao diário desportivo espanhol Marca.

O director-geral do grupo de investimento, Qaisar Rafic, disse hoje à agência EFE que «o Royal Emirates assinará quinta-feira um acordo definitivo com os responsáveis de um clube da primeira liga espanhola de futebol, adquirido por 90 milhões de euros».

Rafic confirmou que as «negociações estão encerradas» e escusou-se a revelar nome do emblema comprado por este grupo de investimento, dirigido por um membro da família real do Dubai, mas desmentiu que o clube em causa seja o Real Saragoça, como tem sido falado na imprensa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.