A procuradoria espanhola informou que iniciou o estudo da documentação no sentido de apreciar o eventual conteúdo penal e que a sua decisão deverá ser conhecida nos próximos dias.

A federação espanhola entregou à procuradoria documentação relativa aos factos, "na medida em que poderão constituir uma infracção penal", depois de o seu "comité de competição" iniciar terça-feira um procedimento disciplinar aos dois clubes e a vários futebolistas.

A iniciativa daquele comité teve origem num alerta da União Europeia de Futebol (UEFA) para "infracções eventualmente cometidas por desportistas que tenham apostado especulando com os resultados de partidas que iam disputar e de outras".

A UEFA investiga há meses a possível intervenção de um grupo de "máfias das apostas" na manipulação de resultados de jogos de futebol, depois de ter detectado anomalias em jogos de ligas nacionais, Liga dos Campeões e Liga Europa em que são suspeitos dirigentes, treinadores e jogadores de vários países.

O jornal espanhol Marca garantia hoje que cerca de três centenas de jogadores que actuam em Espanha são suspeitos neste escândalo de viciação de resultados e estão a ser investigados pela federação.

Aquele jornal desportivo afirma que estão sob investigação clubes de toda a Espanha das quatro principais divisões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.