O PSOE decidiu pedir a comparência no parlamento espanhol do diretor da Agência Tributária para o questionar sobre as investigações que a instituição realizou a futebolistas, como Cristiano Ronaldo, que supostamente estariam a fugir ao pagamento de impostos.

“Para que [o diretor da Agência, Santiago Menéndez] informe sobre as investigações que levou a cabo, de acordo com a informação publicada em diversos meios de comunicação, a respeito do possível fraude fiscal cometido por determinados desportistas do mundo do futebol”, segundo o texto do requerimento que deu hoje entrada no parlamento espanhol e a que a agência Lusa teve acesso.

O PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol) quer assim levar ao Congresso dos Deputados (parlamento) espanhol as investigações que a autoridade tributária estaria a efetuar a futebolistas e clubes da Liga espanhola por supostas evasões fiscais.

Um consórcio de meios de comunicação, entre eles os espanhóis El Mundo e El Confidencial, publicaram no sábado, simultaneamente com órgãos de comunicação social de outros países, uma série de informações que revelam supostas operações para fugir aos impostos de figuras muito conhecidas do mundo do futebol, entre eles Cristiano Ronaldo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.