O Rayo Vallecano anunciou hoje que irá apresentar um recurso contra a decisão da UEFA ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), que proibiu o clube de futebol espanhol de participar em competições europeias na próxima época.
«Conhecida a resolução negativa do recurso do Málaga ao TAS, o Rayo Vallecano de Madrid comunica que apresentará, dentro dos prazos e com a documentação necessária, um recurso perante o TAS para a obtenção de uma licença da UEFA, para que possa competir na próxima época nas competições europeias», comunicou o clube espanhol no seu sítio oficial.
O Rayo Vallecano e o Málaga foram ambos proibidos pela UEFA de participarem na próxima época na Liga Europa, apesar de terem terminado a liga espanhola nos oitavo e sexto lugares, respetivamente, postos que dariam acesso à competição europeia.
Segundo o organismo que tutela o futebol europeu, os dois clubes espanhóis encontravam-se no final da época numa situação de incumprimento financeiro, o que desrespeita as novas leis que determinam o “fair-play” financeiro no futebol europeu.
A UEFA já se mostrou entretanto «satisfeita» com a decisão do TAS anunciada hoje, que rejeitou o recurso apresentado pelo Málaga, e oficializou a sentença que deverá ser cumprida pelo clube andaluz.
«O Málaga está a partir deste momento excluído da Liga Europa da UEFA 2013/2014 e será substituído pela equipa com a melhor posição abaixo do clube na Liga espanhola (Sevilha), desde de que essa equipa tenha a licença e as condições necessárias», explicou a UEFA num comunicado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.