“Com esta contratação fica fechado o capítulo das transferências”, disse Jorge Valdano à rádio espanhola Cadena Ser, considerando que o médio espanhol, de 27 anos, vai ser “uma peça muito importante” no plantel, o qual ainda terá de ser reduzido para ficar com apenas 25 jogadores.

Segundo o número dois do Real Madrid, antes do início da época, mas já depois das contratações milionárias do avançado português Cristiano Ronaldo e do médio brasileiro Kaká, o novo treinador do clube, Manuel Pellegrini, considerou que ainda era necessário reforçar duas posições, no meio-campo e na defesa.

“Foi o que fizemos”, sublinhou Valdano, recordando que, pouco antes de assegurar os serviços do médio Xabi Alonso, o clube da capital espanhola também contratou o defesa lateral espanhol Álvaro Arbeloa, igualmente proveniente do Liverpool.

Deste modo, o Real Madrid abdicou de tentar contratar o avançado francês Franck Ribéry: “O Bayern de Munique foi muito exigente desde o início. Não quer vender o jogador e o Madrid decidiu colocar-se à parte e esperar por uma outra oportunidade”, disse.

Xabi Alonso foi a oitava contratação do Real Madrid para esta época, depois de Cristiano Ronaldo (Manchester United), Kaká (AC Milan), dos defesas Raul Albiol (Valência) e Álvaro Arbeloa (Liverpool), do médio Esteban Granero (Getafe) e dos avançados Álvaro Negredo (Almeria) e Karim Benzema (Lyon).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.