O Real Madrid esteve hoje a perder em casa com o Maiorca, mas acabou por golear por 4-1, com tentos vistosos, seguindo isolado na Liga espanhola de futebol, com o pleno de 15 pontos em cinco jornadas.

O FC Barcelona, que no sábado se impôs por robusto 4-0 em Cádis, segue em segundo com menos dois pontos, podendo ser igualado pelo Villarreal, enquanto o Maiorca é 13.º, com cinco pontos.

O Maiorca aceitou a natural supremacia dos ‘merengues’, mas nunca perdeu a ambição ofensiva e adiantou-se no marcador aos 35 minutos, com o avançado kosovar Vedat Muriqi a cabecear ao segundo poste, nas costas de toda a defesa, surpreendendo também o guarda-redes Courtois.

O campeão, algo adormecido, apesar de dominante, reagiu já aos 45+3 minutos, num slalom do médio uruguaio Fede Valverde, que partiu ainda uns 15 metros dentro do seu meio-campo para avançar em velocidade, evitar vários contrários e disparar, com o pé esquerdo, à entrada da área, ‘levantando’ o incrédulo Bernabéu.

A reviravolta consumou-se aos 72 minutos e principiou nos pés do brasileiro Rodrygo, num slalom culminado com assistência para Vinicius Júnior, que, na área, tirou um adversário do caminho e atirou para o 2-1.

Rodrygo mostrou novamente arte aos 89 minutos, com uma sucessão de fintas curtas que ‘sentaram’ vários adversários antes do remate vitorioso.

Já aos 90+3, o defesa alemão Antonio Rudiger surgiu ao segundo poste a finalizar um livre na direita, fazendo o 4-1 que é muito penalizador para o que o Maiorca fez, frente a um Real Madrid que não acusou a ausência do lesionado Karim Benzema.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.