Sergio Ramos, capitão do Real Madrid, recorreu às redes sociais para abordar os episódios mais recentes da 'crise' no Real Madrid, nomeadamente a discussão com o presidente Florentino Pérez, o desentendimento com Marcelo e a relação com o treinador Santiago Solari.

Confira o comunicado:

"Como futebolistas, gostamos de conversar dentro de campo, mas esta temporada não está a correr bem. Os eventos mais recentes têm sido desastrosos e eu não me escondendo. Nós não nos escondemos. Nós, os jogadores, somos os principais responsáveis ​​e eu, como capitão, mais do que qualquer um. É por isso que pensei que a maneira mais honesta de responder às perguntas que estão a circular ao nosso redor seria abordá-las diretamente. O cartão amarelo em Amesterdão foi um erro? Absolutamente. Foi um erro e eu assumo a culpa em 200%. Porque é que gravei o documentário? Há certos compromissos assumidos e nunca me passou pela cabeça que o jogo poderia ter corrido da forma como correu. A gravação em si foi reduzida à medida que o jogo se ia aproximando do fim.

Se discuti com o presidente no balneário? Questões de balneário são discutidas e resolvidas no balneário. Não há problema algum e todos têm o mesmo interesse: o Real Madrid. Se critiquei os meus colegas de equipa? Nós conversamos sempre de maneira construtiva. Se tive um desentendimento com o Marcelo? Temos trocas de palavras em todos os treinos. Faz parte do trabalho. Mas é apenas uma situação como tantas outras que acontecem no dia a dia. O Marcelo é como um irmão para mim. Porque é que viajei para Valladolid? Porque queria estar perto e apoiar meus colegas.

O que é que está a acontecer com Solari? É uma decisão que não é nossa e em que nunca interferimos. Temos enorme respeito pela posição e apoiamos sempre o treinador do Real Madrid. Essas reflexões são, sem dúvida, o resultado de uma temporada profundamente dececionante, mas se o sucesso não nos faz parar, não vamos deixar que a derrota o faça. É nossa obrigação continuar, trabalhar e evoluir.

E para lembrar que alguns de nós têm a sorte de jogar pelo Real Madrid, alguns de nós têm a sorte de fazer parte de sua história, mas Real Madrid foi, é e sempre será Real Madrid. Nenhum nome faz a lenda do Real Madrid, mas todos nós escrevemos essa lenda juntos.
Juntos, temos que trabalhar pelo futuro e restaurar a nossa esperança.
Compromisso de Madri.
#HalaMadrid".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.