O defesa espanhol foi muito duro e respondeu aos que lhe apontaram o dedo na sequência da grande penalidade que cometeu no jogo entre Itália e Espanha (1-1), em Turim, de qualificação para o Mundial de 2018.

“A todos os que me criticam digo apenas uma coisa: desfrutem agora, porque no final ficarão calados. Todos estamos sujeitos a errar, inclusivamente Buffon, que é um símbolo. A diferença é que em Itália aplaudem, em Espanha assobiam”, disse o defesa-central do Real Madrid.

“Não me vão destruir com as críticas. Talvez tenham tirado nota da minha matrícula, não culpo o árbitro”, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.