O Sevilha isolou-se hoje, provisoriamente, no terceiro lugar da Liga espanhola de futebol, ao vencer por 3-2 na receção ao Osasuna, num embate da 26.ª ronda decidido nos descontos.

A formação do ex-técnico portista Julen Lopetegui chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com tentos do marroquino Youssef En Nesyri, aos 13 minutos, e do argentino Lucas Ocampos, aos 45+1, ambos servidos pelo também ex-portista Óliver Torres.

No início da segunda parte, aos 54 minutos, o guarda-redes do Osasuna, Sergio Herrera, viu o vermelho direto e tudo parecia ainda mais facilitado para os andaluzes, mas os forasteiros reagiram, com 10, e chegaram à igualdade.

Aridane reduziu, aos 64 minutos, e Roberto Torres apontou o segundo golo do Osasuna, aos 74, na transformação de uma grande penalidade.

Já em período de descontos, o Sevilha ainda conseguiu chegar ao terceiro golo e garantir a vitória, graças ao ‘bis’ de En Nesyri, aos 90+3 minutos.

Na classificação, o ‘onze’ de Lopetegui passou a somar 46 pontos, mais três do que Real Sociedad e Atlético Madrid e quatro face ao Getafe, todos com menos um jogo, enquanto o Osasuna manteve-se com 31, no 12.º posto.

A liderança de ‘La Liga’ está na posse do bicampeão em título FC Barcelona, que hoje se desloca ao reduto do Real Madrid, segundo classificado, a dois pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.