É o nome que está nas últimas semanas em toda a parte no universo do Atlético de Madrid. Esta sexta-feira, Diego Simeone, foi questionado sobre a situação de João Félix. O técnico dos colchoneros destacou a atitude do jogador português que pediu a Ferreira-Carrasco para marcar o penalti já depois do apito final no encontro frente ao Leverkusen, que ditou a eliminação do Atl. Madrid da Champions.

"Pedir a bola para marcar o penálti mostra atitude, perante uma situação que podia definir o jogo, mas a atitude é maior do que uma situação", referiu.

Simeone também abordou o facto do jogador após o jogo ter ido festejar o aniversário da namorada, Margarida Corceiro. "Não tenho nada a dizer da sua vida privada. Se tiver algo a dizer, digo ao João. Não falo do João nem do Rodrigo, nem de ninguém. Tento resolver essas questões internamente e nada mais. Temos de continuar a trabalhar.

Sobre a ausência de João Félix das primeiras escolhas: "Temos cinco avançados muito bons: Álvaro [Morata], Griezmann, Correa, [Matheus] Cunha e o João [Félix]. Todos têm possibilidade de jogar."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.