O treinador português do Real Madrid, José Mourinho, somou hoje a segunda derrota caseira da sua carreira em competições internas, ao perder com o Sporting de Gijon (0-1) após nove anos, um mês e 10 dias de invencibilidade.

Depois de, na sua primeira época no FC Porto (2001/02), ter perdido em casa com o Beira-Mar (2-3), no longínquo dia 23 de Fevereiro de 2002, nunca mais as equipas do técnico luso tinham perdido como anfitriãs em provas nacionais.

Em 201 jogos, ao serviço de Benfica, União de Leiria, FC Porto, Chelsea, Inter de Milão e Real Madrid, esta foi, assim, apenas a sua segunda derrota em competições internas, registo em que Mourinho ostentava já 182 encontros consecutivos sem perder.

Em termos globais, incluindo as taças europeias, o técnico luso somou hoje apenas o sétimo desaire em 247 jogos, sendo que, ao comando do Real Madrid, tinha ganho todos os 22 embates no Santiago Bernabéu.

Além do Beira-Mar, na “casa” de Mourinho apenas tinham ganho o Real Madrid (duas vezes nas Antas), o Panathinaikos (nas Antas e em San Siro) e o FC Barcelona (em Stamford Bridge).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.