O ganês Sulley Muntari, que se encontrava a treinar no Deportivo desde 09 de fevereiro, assinou pelo clube da Corunha até ao final da temporada, informou hoje o 19.º e penúltimo classificado da Liga espanhola de futebol.

Muntari, que conta no seu currículo com 20 golos em 84 jogos pelo Gana, entre 2002 e 2014, vai tornar-se o primeiro ganês a vestir a camisola azul e branca do Deportivo, em 111 anos de história do clube espanhol.

Vice-campeão mundial de sub-20 em 2001, com 16 anos, o médio é um dos dois jogadores do Gana, a par de Asamoah Gyan, que participou em três campeonatos do mundo (2006, 2010 e 2014), tendo totalizado nove jogos e dois golos.

Após o Mundial2001 de sub-20, Muntari, agora com 34 anos, ingressou nas camadas jovens da Udinese, clube que representou de 2002 a 2007, após o que alinhou por Portsmouth (2007/08), Inter Milão (2008/2012), Sunderland (2011), AC Milan (2012/15), Al-Ittihad (2017) e Pescara (2017).

No verão de 2007, o ganês tornou-se a contratação mais cara da história dos ingleses do Portsmouth, que pagaram oito milhões pela sua aquisição. Nesse mesmo ano, Muntari ajudou a equipa do Fratton Park a vencer a Taça de Inglaterra, o primeiro título do clube em 58 anos.

Após uma época positiva em Inglaterra, Muntari assinou pelo Inter de Milão, por 14 milhões de euros. Pela equipa italiana, cumpriu 97 jogos em quatro temporadas, marcou oito golos, e conquistou uma mão cheia de títulos nacionais e internacionais.

O Deportivo ocupa o 19.º e penúltimo lugar da Liga espanhola, situando-se na linha virtual de despromoção, com 17 pontos, mais quatro do que o lanterna-vermelha Málaga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.