O equatoriano José Angulo Caicedo, ex-futebolista do Granada, de Espanha, foi suspenso por quatro anos por um controlo positivo de cocaína, anunciou hoje o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Grande esperança do futebol equatoriano, Angulo, de 22 anos, teve um controlo positivo a 20 de julho de 2018 após um encontro da Taça Libertadores contra o seu antigo clube, o Independiente Valle.

A Comissão Disciplinar da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) tinha suspenso o jogador por um ano em abril de 2017, mas a FIFA recorreu dessa decisão.

O TAS, com sede em Lausana, na Suíça, veio agora dar razão à FIFA e anulou a decisão inicial, subsituindo-a por uma suspensão de quatro anos, a contar desde 20 de julho de 2016.

“Os juízes do TAS determinaram que os factos alegados pelo jogador não correspondiam às provas produzidas pelos especialistas científicos”, explicou um porta-voz daquele tribunal.

José Angulo tinha sido contratado pelo Granada, em outubro de 2016, por cinco épocas, pouco antes da revelação do seu controlo positivo, o que levou o clube espanhol a suspender o contrato com o jogador, o qual, depois disso, tem estado a jogar no Equador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.