"Quando ouvimos algo assim questionamos se a pessoa tem um parafuso a menos", respondeu Johan Cruyff a Louis Van Gaal, depois do actual técnico do Bayern Munique ter revelado uma alegada zanga entre os dois e que esta já duraria há vários anos.

Cruyff explicou ainda a situação que estaria por trás do problema. "Quando o Van Gaal era treinador adjunto do Ajax foi passar alguns dias a Barcelona, para acompanhar o meu trabalho lá. Foi na altura do Natal e da Passagem de Ano. A minha família convidou-o para passar alguns serões lá em casa. Na terceira noite ele recebeu uma chamada, foi informado de que a sua irmã estava doente. No dia seguinte regressou à Holanda", explicou o histórico ex-jogador holandês, para logo acrescentar: "É falso que eu, ou alguém da minha família, tenha ficado chateado por ele ter saído sem se despedir."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.