Portugal recebe esta quarta-feira a Suécia (19h45), em partida da quarta jornada da Liga das Nações, disputada no Estádio José Alvalade.

Sem Cristiano Ronaldo, que testou positivo à COVID-19, Fernando Santos foi obrigado a mexer no ataque e apostou em Diogo Jota para fazer dupla com João Félix, que se mantém no ‘onze’ inicial.

Além da inclusão do avançado do Liverpool, o selecionador luso fez ainda regressar João Cancelo ao lado direito da defesa, para o lugar de Nelson Semedo, que foi titular domingo no empate a zero com a França, em jogo igualmente a contar a Liga das Nações.

Apesar de a seleção nacional ter tido apenas dois dias de descanso, Santos operou só duas alterações na equipa inicial, em que, mais uma vez, Rui Patrício será o guarda-redes, atrás de uma defesa composta por Cancelo, na direita, Raphaël Guerreiro, na esquerda, e Rúben Dias e Pepe, hoje capitão, devido à ausência de Ronaldo, no centro.

O meio-campo mantém-se inalterado, com Danilo a atuar como unidade mais recuada, atrás de William Carvalho, Bruno Fernandes e Bernardo Silva. O ataque estará entregue a Diogo Jota e Félix.

Onze de Portugal: Rui Patrício; João Cancelo, Pepe, Rúben Dias, Guerreiro; Danilo, William Carvalho, Bruno Fernandes; Bernardo Silva, Diogo Jota, João Félix.

Suplentes de Portugal: Bruno Varela, Rui Silva, Nélson Semedo, Rúben Semedo, Sérgio Oliveira, João Moutinho, Renato Sanches, Rúben Neves, André Silva, Rafa, Trincão, Podence.

Onze da Suécia: Olsen; Lustig, Jansson, Lindelöf, Bengtsson; Ekdal, Kristoffer Olsson, Kulusevski, Claesson; Quaison, Berg.

Suplentes da Suécia: Johnsson, Nordfeldt, Holmén, Martin Olsson, Krafth, Johansson, Sebastian Larsson, Svensson, Svanberg, Sema, Jordan Larsson, Isak.

Depois do empate a zero com a França na última ronda, em Saint-Denis, a seleção portuguesa recebe os suecos, últimos classificados do grupo, sem pontos, com o objetivo de se isolar no topo da classificação e ficar mais perto da fase final.

Para isso, no 20.º confronto entre as duas nações, o atual detentor da Liga das Nações tem de novamente bater a Suécia, como aconteceu no duelo da segunda jornada (2-0), em Solna, e esperar que a França tropece na Croácia. Lusos e gauleses estão ambos no topo do Grupo 3, com sete pontos.

Além do empate a zero em França e do triunfo por 2-0 na Suécia, Portugal iniciou a defesa do título da Liga das Nações com uma goleada sobre a Croácia, por 4-1, no Estádio do Dragão, no Porto.

A seleção portuguesa de futebol apenas por uma vez venceu a Suécia nas noves ocasiões que recebeu a equipa escandinava em solo luso e saiu mesmo derrotada do último duelo, um particular na Madeira, em 2017, por 3-2.

A única vitória portuguesa em casa foi em 15 de novembro de 2013 e num jogo oficial, na primeira mão do ‘play-off’ de acesso ao Mundial2014, por 1-0, no Estádio da Luz, em Lisboa, com um golo de Cristiano Ronaldo, já perto do fim, aos 82 minutos.

Exatamente uma semana depois do ‘nulo’ com a Espanha (0-0), num particular, a seleção nacional volta a atuar no Estádio José Alvalade, em Lisboa, desta vez num encontro oficial e com direito a 5.000 espetadores nas bancadas, naquele que será o jogo de futebol no país com mais adeptos desde o início da pandemia da covid-19.

O Portugal-Suécia está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do sérvio Srdjan Jovanović.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.