Fernando Santos analisou o triunfo de Portugal frente à Suíça e a qualificação para a final da Liga das Nações.

Mérito de Ronaldo na vitória?

"O génio coletivo, isso é que desbloqueou o jogo nos 10 minutos finais. A equipa começou a ter mais bola, a sair com outra qualidade. Foi um jogo tremendo, duas equipas muito fortes. Tivemos momentos ansiosos, a querer jogar direto com abola, mas faltou circulação. A Suíça sabe ter bola, mas os jogadores trabalharam muito e acabaram por merecer a vitória."

Penalti

"Já nos aconteceu no último jogo. Estas coisas mexem sempre com o ânimo dos jogadores, era uma situação de 2-0 e depois vimo-nos numa situação de 1-1 e era importante chamar os jogadores para continuarem a acreditar no que projetámos e vencer."

Alterações na equipa e esquema tático

"Tínhamos analisado a Suíça e nos últimos três jogos jogou com três defesas, o que aconteceu hoje também. Analisando isso procurámos jogando desta forma em losango, com um jogador criativo, condicionar a saída de jogo e termos um jogador criativo como Bernardo. Houve períodos em que não funcionou tão bem, faltou-nos ter bola e serenar. Fizemos um jogo sempre muito rápido e ninguém aguenta isso, era preciso serenar ter bola, descansar um pouco. Depois os 10 minutos finais foram melhores, a equipa teve mais bola, trocaram melhor e a criatividade coletiva e capacidade individual pode resolver um jogo. Uma Suíça fortíssima, sempre a criar problemas. Mas os jogadores conseguiram acertar."

Cristiano Ronaldo

"Já vem desde 2004 e é por isso que quando digo que Portugal sempre teve talento, às vezes parece que é proibido dizer. A mim não me surpreende nada, surpreendeu quando tinha 18 anos e o treinava no Sporting. Há que aproveitar a qualidade destes jogadores e continuar a crescer coletivamente."

Sistema para manter?

"Temos de ver como a equipa se vai comportando, não temos tempo de treino e tem de ser tudo rápido. Muitas vezes há que mudar até de jogo para jogo. Quando podemos trabalhar um modelo durante meses, às vezes nos clubes as coisas ainda não estão bem, mas na Seleção não temos esse tempo."

Lesão de Pepe

"Não sei, vou ver o que se passa."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.