Gareth Southgate desafiou a Inglaterra a terminar o seu "brilhante ano" de forma memorável ao derrotar a Croácia, vice-campeã do Mundial, em Wembley, para chegar às finais da Liga das Nações no domingo.

A equipa de Southgate desafiou as expetativas no começo do ano ao chegar às meias-finais do Campeonato do Mundo pela primeira vez desde 1990, onde foi derrotado pela Croácia após prolongamento num confronto difícil.

O treinador da Inglaterra criou um grupo jovem e vibrante que revitalizou o relacionamento do país com uma equipa nacional que havia sido muito criticada pelo baixo desempenho.

"Foi um ano brilhante. O que quer que aconteça no domingo, tivemos avanços reais e alcançámos alguns resultados excecionais e desempenhos realmente bons, além de muitos novos jogadores", disse Southgate na sexta-feira.

Embora o Mundial da Inglaterra tenha terminado em 'desgraça' em Moscovo contra os adversários de domingo, o ímpeto do torneio manteve-se nesta temporada.

Agora, a Inglaterra pode vingar-se da Croácia, em Wembley. "Estávamos muito interessados ​​em seguir em frente o mais rápido possível", disse Southgate.

Se a Inglaterra vencer a Croácia, vencerá o grupo e progredirá até a final da nova competição - que oferece a chance de se classificar para a Euro 2020 - além de relegar a Croácia.

Enquanto isso, uma vitória para a Croácia levaria os homens de Zlatko Dalic às meias-finais e mandaria a Inglaterra para a Liga B, e um empate faria com que a atual líder do grupo, a Espanha, chegasse à fase seguinte.

A Inglaterra também pode ser despromovida com um empate em pontos, e a Croácia desce se terminar sem golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.