A Liga dos Campeões está de volta e com ela os grandes craques do futebol europeu e o melhor marcador da história da prova: Cristiano Ronaldo, que aponta ao jogo frente ao Olympique Lyon marcado para o próximo dia 26 de fevereiro, na primeira mão dos 'oitavos' da prova milionária para somar jogos e golos ao seu histórico que já é bem longo na maior prova de clubes da Europa.

O jogador da Juventus, já deixou a sua marca na Champions com a camisola de dois clubes além da 'vecchia signora' - Real Madrid e Manchester United - e foi durante a sua passagem por Madrid que a maior parte dos jogos e dos golos da sua história na prova foram realizados.

Pelo Real Madrid, Cristiano Ronaldo somou 105 golos em 101 golos, o que o tornaram no melhor marcador da história dos 'merengues' na Champions, pulverizando o registo anterior de Raúl González, que pelos madridlenos na Prova Milionária apontou 66 golos.

A estes 105 golos em 101 jogos, juntam-se os 15 golos marcados pelo Manchester United nos 52 jogos realizados pelos 'Red Devils' e os oito marcados mais recentemente ao serviço da Juventus, nos 15 jogos realizados.

Esta veia milionária goleadora vale a CR7 o recorde de golos marcados na história da Champions League: são já 128 os golos marcados pelo craque português e que deixam o seu eterno concorrente, Lionel Messi, a 14 tentos de distância, no 2.º lugar dos melhores marcadores da prova (Fase de grupos + fase a eliminar).

Mais jogos e mais golos na fase a eliminar

Como já vimos Ronaldo soma 128 golos e já praticamente divididos 50/50.

Isto porque CR7 soma 63 golos na fase de grupos e 65 na fase a eliminar: ou seja 49% dos golos marcados até hoje pelo craque foram na primeira fase da prova e os restantes 52% na fase 'a doer'.

Estes 65 tentos tornam o português no melhor marcador na fase a eliminar da prova, fase onde soma também o maior número de jogos entre os todos os jogadores que já passaram pela prova.

Cristiano Ronaldo é o jogador que mais vezes participou nos oitavos de final, nos 'quartos', nas 'meias' e na final.

Nos oitavos de final, Ronaldo soma 30 partidas nos 'oitavos', mais duas que Lionel Messi e pode terminar esta fase com 32 caso participe nas duas mãos dos 'oitavos' da 'Juve' frente ao Lyon.

Nos quartos de final, CR7 divide a liderança com 22 jogos, os mesmos que Messi e Andrés Iniesta, ambos apenas pelo Barcelona, enquanto que o capitão da seleção nacional divide os 22 jogos por três equipas.

Ronaldo destaca-se e começa a fugir da concorrência nas meias-finais, somando 21 presenças com Real Madrid e Manchester United, mais quatro que Xabi Alonso, o 2.º com mais presenças divididas por Liverpool, Real Madrid e Bayern Munique.

Cristiano Ronaldo soma ainda seis presenças na final da Liga dos Campeões, as mesmas que Paolo Mardini, isto sem contar com a antigo Taça dos Campeões Europeus.

Se contarmos com a antiga prova, Ronaldo desce para a quarta posição, com menos duas presenças que as oito de Francisco Gento e Paulo Maldini e menos uma que Alfredo di Stéfano.

Em golos, Ronaldo é o melhor marcador em finais da UEFA Champions League, com quatro tentos apontados no derradeiro jogo, mais uma que o antigo colega de equipa no Real Madrid, Gareth Bale.

Se olharmos também para a Taça dos Campeões Europeus, Ronaldo mantém-se no pódio, mas cai para a 3.º posição ficando atrás dos sete golos apontados em finais por Di Stéfano e Ferenc Puskás.

"Velhos são os trapos"

Com 35 anos completados recentemente, Cristiano Ronaldo não dá sinais de abrandar o seu faro goleador e a sua influência na equipa da Juventus. Nos últimos 10 jogos realizados pela 'vecchia signora' em todas as competições, CR7 soma 13 golos.

Com a idade, chegam novos registos que Ronaldo pode bater. Com a chegada aos 35, o português aponta agora aos seis golos marcados por Didier Drogba depois dos 35 anos, para se tornar no melhor marcador depois dessa idade na Champions League.

Mas para se tornar no melhor marcador com mais de 35 anos na história de toda a prova (ou seja incluindo a Taça dos Campeões Europeus), Ronaldo precisa de apontar 17 golos para alcançar o registo de Puskas, que o alcançou em 18 jogos pelo Real Madrid.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.