Declarações de Massimialiano Allegri, treinador da Juventus, à 'Sky Sports Italia', após a derrota com o Benfica em casa.

Explicações para a derrota: "Tivemos um colapso psicológico. Estivemos bem nos primeiros 20 minutos, tivemos oportunidades para fazer o 2-0 mas depois começámos a recuar. O penálti, já no final da primeira parte, cortou-nos mentalmente as pernas. Estes momentos fazem parte do futebol, a única coisa que podemos fazer agora é aceitar o resultado, trabalhar e continuar em frente."

Sente o lugar em risco? "Não sinto que esteja em risco. Estes momentos fazem parte do futebol. É a primeira vez que perdemos dois jogos consecutivos na Liga dos Campeões. O futebol é difícil de explicar, a única coisa que eu posso dizer é que depois do 2-1 o jogo acabou e estivemos em risco de sofrer o 3-1 e o 4-1. Estava nas nossas mãos, mas tivemos um colapso psicológico."

Duas derrotas em dois jogos na Champions: "Já disse à equipa que estes momentos acontecem no futebol, precisamos de sair desta situação como equipa e com responsabilidade. Temos um jogo importante frente ao Monza para o campeonato e só depois disso é que voltaremos a pensar nos jogos europeus. [O apuramento] Será certamente complicado, mas ainda não está tudo perdido."

O Benfica manteve-se hoje 100% vitorioso nesta temporada, ao vencer em casa da Juventus, por 2-1, em jogo da segunda jornada do Grupo H da Liga dos Campeões de futebol.

A Juventus ainda se colocou em vantagem, por Milik, aos 04 minutos, mas João Mário (43), de grande penalidade, e David Neres (55) deram a 12.ª vitória da temporada às 'águias'.

Com este triunfo, o Benfica partilha a liderança do Grupo H com o Paris Saint-Germain, com seis pontos, enquanto Juventus e Maccabi Haifa, que perdeu em casa com os franceses, por 3-1, ainda não pontuaram.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.