Noite molhada, noite abençoada. O estádio José Alvalade viveu uma tarde/noite de sonho, depois dos leões terem somado frente ao Tottenham, a primeira vitória na Champions frente a equipas de terras de sua Majestade.

O conjunto de Rúben Amorim teve a capacidade para 'bater o pé' ao chamado colosso do grupo. Os três pontos e o importante triunfo frente aos milionários de Londres, não foi por acaso, até porque o Sporting, ao longo do encontro, conseguiu criar caudal ofensivo suficiente para marcar vários golos.

Num braço de ferro quase constante, imperou o equilíbrio na maior parte do tempo, mas o Sporting teve ao seu dispor as melhores oportunidades da partida.

E nem um possível menor desgaste valeu ao Tottenham - não jogou no fim de semana devido à morte da rainha. Depois de um bom arranque dos ingleses, o Sporting 'teve a batuta' até ao minuto 30´, altura em que os 'spurs' reequilibraram a contenda.

Muito forte a defender, o Sporting conseguiu sobretudo criar problemas graças a três homens: Pedro Gonçalves, Trincão e Marcus Edwards. As rápidas combinações colocaram, por várias vezes, os jogadores dos verdes e brancos no frente a frente com Lloris.

Pote foi o primeiro a criar perigo, com um remate ao minuto 7´. Mas o momento da primeira parte surgiu numa jogada de antologia de Edwards, com o extremo inglês a passar por vários adversários, a combinar com Trincão, mas depois o remate saiu fraco. Seria um golo de levantar o estádio.

O segundo tempo trouxe um Tottenham mais afoito e com vontade de ir para a frente. Adán teve que se agigantar, em duas ocasiões, para impedir o golo dos spurs.

Na parte final, o Sporting mostrou-se mais ambicioso e 'esticou' à procura do golo. Porro deu o mote, com um grande pontapé em arco. Paulinho entrou para ser herói, num grande cabeceamento após uma bola parada. Arthur Gomes abriu o livro, na estreia, passou por dois adversários, e garantiu os três pontos.

Veja aqui os dois golos do encontro

O Sporting assegurou uma vitória histórica frente a um emblema que ainda não tinha perdido esta época. Os leões lideram o grupo D com seis pontos pontos, Seguem-se E. Frankfurt e Tottenham, com três pontos. No último lugar está o Marselha com zero pontos.

Momento

O golo de Paulinho: Tento importantíssimo e de redenção para um jogador que vive muitas vezes afastado do caminho dos golos. Decisivo para o triunfo do Sporting.

Melhores

Marcus Edwards

Deu nas vistas e de que maneira frente ao clube onde realizou toda a sua formação. Realizou grandes jogadas e podia ter apontado um golo à maradona. Ficou certamente na mira dos grandes clubes europeus.

Paulinho

Tirou um coelho da cartola, quando tudo fazia prever que o encontro ia ficar empatado. Foi aposta ao minuto 76´, e fez o golo que abriria a porta do triunfo. Acabou por fazer também a assistência para o tento de Arthur Gomes.

Arthur Gomes

Nem nos melhores sonhos Arthur Gomes poderia sonhar com esta estreia. Entrou e pouco depois recebeu uma bola de Paulinho, passou por dois adversários e bateu Lloris de forma inapelável.

Reações

Rúben Amorim e a vitória frente ao Tottenham: "Estamos preparados para estes momentos"

Antonio Conte: "Não merecíamos vencer o jogo, mas também não o merecíamos perder"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.