Em Setembro de 1957, o Benfica e o Sevilha disputaram uma eliminatória em duas mãos, que dava acesso à fase de grupos da Taça dos Clubes Campeões Europeus (presentemente Liga dos Campeões), e na primeira mão, em Sevilha, a equipa espanhola venceu por 3-1. Já em Lisboa, na segunda ronda, o Benfica não sofreu golos, mas também não marcou, sendo então eliminado.

Na edição de 1983/1984, na primeira eliminatória da Taça UEFA (agora conhecida como Liga Europa), foi a vez de o Sporting enfrentar a fúria sevilhana e, depois de ter obtido um empate a um golo em Sevilha, conseguiu vencer por 3-2 no antigo Estádio José Alvalade.

O Sevilha voltou a defrontar o Nacional da Madeira em 2004, na primeira eliminatória da Taça UEFA, e voltou a levar a melhor sobre uma equipa portuguesa ao vencer por 4-1 ao fim de duas rondas.

Em 2005, na mesma prova, venceu o Vitória de Guimarães por 3-1, também na fase de grupos. Na altura, foi um tal de Saviola, que hoje joga pelo Benfica, que apontou dois dos três golos.

A última vez que o Sevilha defrontou uma equipa portuguesa numa competição europeia foi, curiosamente, com o seu adversário desta noite, o Sporting de Braga. A 23 de Novembro de 2006, na fase de grupos da Taça UEFA, o Sevilha acabou por vencer, em casa, o Braga por 2-0 com golos de Luís Fabiano e Chevantón.

Na altura o Sporting de Braga era treinado por Rogério Gonçalves.

Este noite, Braga e Sevilha voltam a defrontar-se, no Estádio AXA, na primeira mão do Play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. O desafio tem transmissão directa aqui, no Sapo Desporto, a partir das 19h45.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.