Por mais voltas que as épocas do Benfica dêem, os últimos anos acabam por se cruzar sempre num ponto comum: a Suíça. Com efeito, tem sido em solo helvético, junto do calor do apoio de muitos emigrantes portugueses, que os encarnados realizam os estágios de pré-temporada. Nyon é a habitual base de concentração, com Jorge Jesus a ditar a estratégia.

Todavia, há outras histórias encarnadas com a Suíça como pano de fundo. João Manuel Pinto e Carlitos fazem parte do passado, mas o treinador João Alves e o jovem defesa Roderick Miranda integram o presente e o futuro do Benfica.

O antigo técnico dos juniores encarnados trabalhou com muitas das esperanças encarnadas e assumiu no ano passado o desafio de comandar o Servette, tendo já alcançado a promoção à primeira divisão em 2010/11. O objetivo é agora assegurar a manutenção, meta para a qual conta com o contributo de Roderick.

O vicecampeão do Mundo de sub-20 é um central já várias vezes elogiado publicamente por Jorge Jesus, mas a concorrência no interior do plantel e a idade crítica para a evolução e maturação como futebolista sentenciaram o seu empréstimo. No Servette, há espaço para Roderick crescer e se afirmar… para então voltar à Luz.

Esta noite, o caminho passa pelo St. Jakob Park, um dos palcos onde a Seleção Nacional jogou no Euro2008 e no qual o Benfica vai tentar assaltar a liderança do grupo C da Champions.

Acompanhe em direto AQUI no SAPO Desporto o encontro. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.