Com a derrota frente ao Zenit de São Petersburgo, o Benfica elevou para 12 o número de derrotas na Liga dos Campeões nos últimos 15 jogos. Este recorde negativo começou com Rui Vitória na época 2016/2017 quando os 'encarnados' foram goleados na Alemanha pelo Borussia Dortmund por 4-0, na segunda mão dos oitavos de final da liga milionária, depois de vencer por 1-0 na Luz.

Na época seguinte, o Benfica somou por derrotas todos os seis encontros da fase de grupos, frente ao Basileia, Manchester United e CSKA Moscovo, e tornou-se na equipa portuguesa com a pior prestação de sempre na fase de grupos de uma prova da UEFA e a primeira equipa do pote 1 a não somar qualquer ponto.

Em 2018/2019 já foi bem melhor, com duas vitórias frente ao AEK (1-0 e 3-2) e um empate com o Ajax, somando assim sete pontos, insuficientes para seguir em frente, já que o clube da Luz tinha perdido com o Ajax na Holanda e os dois jogos com o Bayern Munique. Esta época a equipa leva duas derrotas na prova em outros tantos jogos, com RB Leipzig e agora Zenit.

Outro capítulo negativo das 'águias' nas provas da UEFA tem sido a sua incapacidade para manter a baliza a zeros. Nos últimos 12 jogos para as provas da UEFA (Champions e Liga Europa), os 'encarnados sofreram sempre. É preciso recuar até 19 de outubro de 2016 para encontrar um jogo das 'águias' sem sofrer golos fora de portas: foi na vitória por 2-0 na Ucrânia frente ao Dinamo Kiev, quando Rui Vitória era treinador do Benfica.

Besiktas (3-3), Borussia Dortmund (0-4), Basileia (0-5), Manchester United e CSKA Moscovo (0-2), AEK (3-2), Ajax (1-1), Bayern Munique (1-5), Galatasaray (1-2), Dínamo Zagreb (0-1) e Frankfurt (0-2) e agora o Zenit (1-3) conseguiram marcar aos 'encarnados'.

Mais um dado para Bruno Lage ter em atenção nos próximos jogos, para que a equipa some os pontos necessários para seguir para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.